Viagem Internacional – 5 dicas que valem ouro!!!

Abaixo, apresentamos 5 dicas que valem ouro e que poderão proteger e salvar sua viagem, levando-se em conta os itens de maior relevância quando o assunto e preparação de viagens.

1ª DICA –  Passaporte:    Para viagens internacionais, providencie o seu passaporte o mais rapidamente possível, evitando as proximidades com o período de férias escolares, pois como bem sabemos, nestes períodos a burocracia e o excesso de demanda tornam o esta tarefa muito mais lenta. Agora caso já tenha seu passaporte, fique atento apenas ao prazo de validade.

seguro viagem internacional
Dicas para você aproveitar sua viagem internacional

Em viagens nacionais, basta levar a carteira de identidade. Conforme acordo firmado com o governo brasileiro, os turistas estrangeiros e os nacionais e/ou residentes regulares dos países Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela podem entrar e transitar entre os países mediante a apresentação de documento de identificação pessoal emitido pelo estado membro do Mercosul e associado.

2ª DICA –  Vacinas: Para algumas regiões do Brasil e alguns países há exigência de vacinas (febre amarela, por exemplo). A vacinação deve ser feita 10 dias antes do embarque para garantir que tenha efeito. Obtenha essas informações no site do Ministério da Saúde do Brasil ou da embaixada do país que visitará, e programe as vacinas necessárias com antecedência.

Vacina contra febre amarela
Vacina contra febre amarela

3ª DICA – Vistos: Verifique se os países que você visitará exigem vistos de entrada e de permanência. Alguns só concedem vistos se a validade do passaporte ultrapassar pelo menos seis meses após da viagem. Muitos destes países só têm representação diplomática em Brasília – DF, o que implicará mais tempo de espera.

O Brasil tem bom relacionamento com diversos países e, em razão de acordos bilaterais, os turistas de alguns deles estão dispensados de vistos, porém devem apresentar passaporte válido nos seguintes países:

África do Sul, Eslovênia, Itália, Portugal,
Alemanha, Espanha, Liechtenstein, Reino Unido,
Andorra, Filipinas, Luxemburgo, República Tcheca,
Áustria, Finlândia, Macau, San Marino,
Bahamas, França, Malásia, Suécia,
Barbados, Grécia, Marrocos, Suíça,
Bélgica, Guatemala, Mônaco, Suriname,
Bulgária, Guiana, Namíbia, Tailândia,
Coreia do Sul, Honduras, Noruega, Trinidad e Tobago,
Costa Rica, Hong Kong, Nova Zelândia, Tunísia,
Croácia, Hungria, Malta, Turquia e
Dinamarca, Irlanda, Países Baixos/Holanda, Vaticano.
Equador, Islândia, Panamá,
Eslováquia, Israel, Polônia,

Apresentamos a seguir, um mapa com as exigências para entrar em cada país, mas lembramos que volta e meia estas regulamentações são alteradas, portanto informe–se com antecedência dos documentos exigidos, pois dessa forma evitará qualquer tipo de imprevisto e impedimento em sua viagem.

Exigências de visto para cada país do mundo
Na América do Sul, por exemplo, a maioria dos países não exige nem o passaporte dos viajantes brasileiros. Há locais que solicitam vistos, vistos eletrônicos e que permitem o acesso com vistos retirados no aeroporto local.

Para turistas estrangeiros, é importante que consulte a embaixada ou consulado brasileiro em seu país de origem quanto à necessidade de visto, pois essas informações podem se alterar de acordo com acordos entre os países.

4ª DICA – Seguro Viagem: O SEGURO VIAGEM garante auxílio no caso de imprevistos no embarque, na permanência e no retorno dos viajantes.  Este seguro e indicado a todos os perfis de turistas e de profissionais que viajam a trabalho.

Viagem Internacional – Evitando qualquer problema

Tendo em vista a gama de coberturas oferecidas ele é considerado muito barato pela maioria das pessoas.  O preço poderá variar de acordo com as coberturas contratadas e o período da viagem. Lembrando que quem viajar para os países europeus que assinaram o Tratado de Schengen (que permite a livre circulação de pessoas dentro dos signatários, sem a necessidade de apresentação de passaporte) deverá fazer o seguro viagem.

Recentemente fomos noticiados que o Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, orientou que

Cataratas do Niagara Congelam
Cataratas do Niagara Congelam

brasileiros com viagem internacional marcada aos Estados Unidos,  não saiam do Brasil sem contratar um seguro viagem, tendo em vista o intenso frio que atinge aquele país, e complementou que a contratação de um plano de seguro viagem e uma garantia que nos brasileiros teremos de um atendimento médico hospitalar em caso de acidente ou doenças causadas pelo fio intenso, pois os consulados do Brasil no exterior não cobrem eventuais custos com a saúde de cidadãos brasileiros.

Como já reforçamos em outros artigos, o Seguro viagem internacional sempre deve ser comprado antes da saída do passageiro do país e de regra são oferecidos pelas seguradoras, alguns bancos, agências de viagem, entre outros.  Fique atento a cobertura estipulada no contrato, bem como as indenizações e ao período da cobertura.

Em caso de emergência ou qualquer necessidade de apoio no exterior, o Itamaraty orienta que brasileiros entrem em contato com os consulados do Brasil mais próximo, cuja lista pode ser consultada AQUI.

5ª DICA –  Crianças: Quem pensa em viajar para o exterior com crianças ou adolescentes deve ficar atento às regras para autorização de viagens internacionais dos pequenos brasileiros.

De acordo com a Resolução 131 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), de 26 de maio de 2011, deve ser observado o seguinte:

 Viaje legal

Crianças ou adolescentes que forem viajar acompanhados de apenas um dos pais ou responsáveis, devem levar autorização por escrito do outro.

Viaje legal2Crianças ou adolescentes que viajarem acompanhados de outros adultos devem levar autorização escrita de ambos os pais ou responsáveis.

viagem internacionalCrianças ou adolescentes que viajarem  desacompanhados devem levar autorização escrita de ambos os pais ou responsáveis.

O que é preciso na autorização de uma viagem internacional?

  • Preencher os dados do formulário padrão que pode ser encontrado no portal do CNJ www.cnj.jus.br e no site oficial do DPF www.dpf.gov.br no link “viagem internacional”.
  • Uma autorização para cada criança ou adolescente.
  • Indicação do prazo de validade. Caso não seja indicado, será válida por dois anos.
  • Firma reconhecida em cartório por autenticidade ou semelhança.
  • Duas vias (uma ficará na Polícia Federal).

ATENÇÃO: Não esqueça o passaporte válido e, se for o caso, o termo de guarda ou tutela.

Abaixo o resumo destas normas, bem como o formulários para preenchimento.

Viajem de criança para o exterior

FORMULÁRIO PADRÃO DE AUTORIZAÇÃO DE VIAGEM INTERNACIONAL

Fonte das informações: Revista Proteste; Itamaraty; Conselho Nacional de Justiça; Ministério das Relações Exteriores.

Veja mais artigos sobre o assunto:

Viagem Internacional – 5 dicas que valem ouro!!!
5 (100%) 4 votes
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

18 comentários sobre “Viagem Internacional – 5 dicas que valem ouro!!!

Deixe um comentário

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.